Meio Ambiente Uberlândia

Comissão Temática de Meio Ambiente, Resíduos Sólidos e Desenvolvimento Regional

Triângulo de Governo (Carlos Matus)

em 29/03/2012

Por Carlos Matus*

Quem está no jogo social deve apostar em resultados como em um cassino. Ou se retira do jogo. O cidadão vota por promessas sobre resultados.

O governante deve fazer uma aposta tecnopolitica. Há, entretanto, uma grande diferença entre uma aposta tecnopolitica e uma aposta ao acaso. Na aposta ao acaso, não há controle nem influência sobre os resultados. Na aposta tecnopolitica o apostador tampouco controla o resultado, mas influi sobre ele. O que o governo faz pesa nos resultados. Ainda mais, pode pesar de maneira decisiva. O peso da ação sobre os resultados faz que o efeito da ação pública seja previsível.

A palavra previsível significa que o resultado não depende inteiramente de quem atua. Depende também de outros participantes do jogo social e das circunstâncias. Logicamente, a previsão de resultados está relacionada com certas capacidades e propósitos do governo. Baixas capacidades e propósitos muito ambiciosos produzem uma previsão pobre de resultados. Enquanto maior é a capacidade de previsão de resultados, maior é a credibilidade do governo. E , em política, a credibilidade é quase tudo.

Em conseqüência, é importante analisar as variáveis que estão por detrás de uma boa previsão de resultados. Os resultados de um governo são mais previsíveis na medida em que se cumprem cinco condições:

1º. Alta capacidade de governo,
2º. Bom desenho organizativo do aparelho público,
3º. Projeto de governo compatível com a capacidade pessoal e institucional de governo, quer dizer, com as duas primeiras condições,
4º. Contexto situacional coerente com o projeto de governo, e
5º. Sorte.

Em todo caso, esta previsão não deve confundir-se com predição de resultados, segundo as concepções determinísticas. Previsão significa delimitação do espaço dos resultados possíveis conforme sejam as circunstâncias que abrigam a ação. Sem capacidade de previsão de resultados, não há governo.

O conceito mesmo de governo é inerente à capacidade de antecipar os resultados do projeto comprometido, de chegar à situação esperada e desfrutar dela. Estas cinco variáveis podem reduzir-se a três, uma vez descartada a sorte e reordenados os outros quatro componentes. A qualidade da organização do aparelho do governo é um aspecto da capacidade institucional de governo, e também contribui a governabilidade. O contexto situacional sintetiza, a sua vez, os principais fatores determinantes da governabilidade.

click aqui e baixe o texto completo >>> Triangulo de Governo (Carlos Matus)

*Carlos Matus, foi presidente da Fundação Altadir (Caracas, Venezuela), Ministro da Economia do Chile (1971-72) e presidente do Banco Central do Chile (1973) no Governo Allende.

—————————————– SOBRE CARLOS MATUS ——————————————————–

Carlos Matus Romo nasceu no Chile em 1931. Formou-se, em 1955 na Escola de Economia da Universidade do Chile. Desempenhou funções como assessor do Ministro da Fazenda e como Ministro da Economia do Governo do Presidente Salvador Allende de 1965 a 1970, tendo sido o maior estudioso da América Latina e um dos maiores do mundo, sobre planejamento estratégico de governo, capacidade de governo, governabilidade, estilos estratégicos de governo, entre outros assuntos.

Com o advento do golpe de estado, no Chile, foi preso político e durante o cárcere intensificou suas críticas ao planejamento tradicional e concebeu as primeiras idéias acerca do Planejamento Estratégico Situacional (PES). Foi libertado em 1975 e partiu pra o exílio na Venezuela.

Em 1988, Carlos Matus criou, em Caracas, Venezuela, a Fundação ALTADIR, organismo que visa o “desenvolvimento do planejamento estratégico e das técnicas de alta direção”. A partir de então, passa a assessorar equipes de governo e planejamento, difundindo as propostas do PES em vários países, entre os quais Colômbia, Equador, Brasil e Venezuela.

Carlos Matus deixou uma grande obra – ainda pouco conhecida internacionalmente – e influenciou centenas de administradores públicos, especialmente no Brasil. Faleceu no final de 1998, de doença degenerativa nos pulmões. Apesar de muito doente, promoveu cursos de PES, até poucos meses antes de morrer.

Livros publicados:
Adeus Senhor Presidente
O Líder Sem Estado-Maior
Estratégias Políticas: Chimpanzé, Maquiavel e Ghandi
Política, Planejamento e Governo
Entrevista com Matus: o Método PES
Teoria do Jogo Social

Seus principais conceitos são:
Planejamento Estratégico Situacional (PES)
Triângulo de Governo
Três Cintos de Governo
Triângulo de Ferro nas Macro-Organizações

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: